A censura da internet

Projeto Eduardo Azeredo:

Em 2005 o Senador Eduardo Azeredo apresentou um projeto de lei para o monitoramento da Internet,no qual os provedores eram obrigados a monitorar os dados dos usuários,já em 2006 o projeto teria recebido alterações do próprio senador,transformando a penalização ao provedor.

O Projeto foi aprovado pela Comissão de Ciência e Tecnologia (CCT) em 2007,em proposta apresentada pelo senador Eduardo Azeredo para combate aos crimes de Informatica.

Eduardo Azeredo foi denunciado por ser um dos principais beneficiados do mensalão mineiro em 22 de novembro de 2007.

 Projeto Chanology:

Em 14 de janeiro de 2008 um vídeo produzido por uma igreja teria vazado no youtube,A igreja da Cientologia emitiu uma reivindicação ao youtube por direitos autoriais,pedido a remoção imediata do vídeo,o grupo anonymous efetuo uma resposta,afirmando  que a ação da igreja da Cientologia era uma forma de censura da Internet,os membros do projeto Chanology organizou vários ataques  de negação de serviços de ataques.

Em 21 de janeiro de 2008,um outro vídeo no youtube criado por os anonymous e intitulado como “Mensagem para a Cientologia”,Em comunicado de Imprensa,o grupo teria afirmado que os ataques contra a igreja iria continua a fim de protege a liberdade de expressão.

Em 10 de fevereiro de 2008,no torno 7000 pessoas protestaram em mais de 93 cidades no mundo inteiro,muito dos protestantes usavam a mascara do filme V de Vingança.

Em 15 de março de 2008 outra onda de protesto veio a acontece,desta vez 8000 pessoas vieram a participa dos protestos,a terceira e ultima grande onda de ataques teria acontecida em 12 de abril de 2008.

Lulz sec brasil:

O Grupo Lulz sec brasil  e um dos grupos envolvidos com os ataques de site brasileiro,os hackers sempre avisam o que vão fazer via twitter (o que e meio estranho) :

A Impressa:

Há quatro dias, hackers tentam invadir sites ligados ao governo. O site da presidência foi o primeiro a sair de ar e o do IBGE ficou dois dias em manutenção.

De acordo com o reitor da UnB, José Geraldo de Sousa Junior, o ataque ocorreu entre as 11h e meia-noite. Após a invasão ter sido detectada, o CPD (Centro de Processamento de Dados) tirou a página do ar para reforçar o sistema de segurança e avaliar os danos. O órgão ainda não sabe se dados foram roubados das páginas.

A Brigada Militar do Rio Grande do Sul também entrou na lista dos piratas. A corporação confirmou que seu site da corporação foi hackeado hoje.

Os piratas virtuais invadiram o portal por meio da página de notícias e copiaram algumas informações, segundo o major Ademir Brito da Silva, da Divisão de Gerenciamento de Redes do Departamamento de Informática da BM. No entanto, ainda de acordo com o oficial, nenhuma informação sigilosa foi obtida.

fonte:http://noticias.r7.com/
 
 

O ataque hacker às páginas da Presidência da República, Portal Brasil e da Receita na madrugada desta quarta-feira (22) foi o maior já sofrido pela rede de computadores do governo brasileiro. De acordo com o Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro), o ataque – que não causou danos às informações disponíveis nas páginas – partiu de servidores localizados na Itália.

Para derrubar os sites, os hackers utilizaram sistemas que faziam múltiplas tentativas de acesso ao mesmo tempo, técnica batizada de “negação de serviço” e conhecida pelas iniciais em inglês DDoS (Distributed Denial of Service). O objetivo dessa ação é tornar o serviço indisponível.

fonte:http://g1.globo.com/
 
 
 
 

Conclusão:

A imprensa fala cada vez mais sobre estes ataques hackers,o resultado disto tudo você já dever sabe,o plano de censura a internet começou a mais tempo do que nos imaginamos,desde a época da prisão de Julian Assange (criado do site Wikileaks).

 
 
 
Anúncios

Publicado em 26/06/2011, em Diversos, Nova Ordem Mundial. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: